Vetta: Melhore o Engajamento com Pesquisas de Clima Automatizadas

Conheça a Vetta

 

Sendo uma empresa de tecnologia com o objetivo de transformar a maneira como as indústrias funcionam, a Vetta promove sustentabilidade em usinas com foco em carbono e mineração, principalmente.

 

Sua meta é elevar a digitalização e gerar maior controle energético por parte das companhias. Além da modernização, a empresa se concentra na estabilidade que comunga diretamente com o desenvolvimento sustentável mundial, criando tecnologias para ajudar, por exemplo, no controle de emissão de carbono.

 

O Ponta Pé Inicial

 

Ciente de que a percepção dos colaboradores sobre a empresa é algo imprescindível, Marina Assis, Head de Recursos Humanos da Vetta, compreendia a necessidade de solucionar uma incógnita que os afligia: quais eram os reais desejos e carências do seu quadro de funcionários?

 

“Não sabíamos o que as pessoas pensavam de fato, não era apenas um ponto específico, como, por exemplo, ‘Tal indicador não está bom’, eu precisava ouvir as pessoas da organização. Não podemos ter uma percepção enviesada, faço 1:1 e chego até o colaborador de nível júnior, mas a verdade é que em alguns momentos, eu não tinha uma visão global da empresa.”

 

Buscando soluções, a Vetta criou o anseio de entender a partir de indicadores palpáveis, sua realidade, fugindo, portanto, de meras percepções fundamentadas em achismos.

 

A procura acarretou na descoberta e pretensão da realização de uma Pesquisa de Clima. Algo que possibilitasse trabalhar os pontos críticos evidenciados, guiando-os para um progresso quando comparado com o panorama do momento.

 

Sem resistências internas quanto à implantação do projeto, Marina, que já conhecia Thaylan Toth, CEO e fundador da Mindsight, por conta de seu trabalho prévio na Stone Co., confiava na forma como ele punha em prática seus conhecimentos sobre a área de Recursos Humanos.

 

“Confio muito nele, um profissional extremamente inteligente e ponderado quando falamos de gestão de pessoas. Ele se baseia em evidências, estudos e métricas sem perder o lado humano. Queria trabalhar com mais do que um simples fornecedor, meu desejo era operar com uma metodologia segura, conhecendo o perfil do Thaylan, pude enxergar isso na Mindsight também.”

 

 

O Caminho das Pedras: Implantando uma Pesquisa de Clima  

 

Fechando, então, uma parceria com a Mindsight, a líder da área de Recursos Humanos relata que, em conjunto com a equipe de Sucesso do Cliente, construíram à quatro mãos a Pesquisa de Clima que a Vetta iria realizar, seguindo como premissa a metodologia própria do fornecedor.

 

“Me senti assistida, não precisei buscar nenhuma outra fonte de informação, nada externo. O auxílio dado foi abundante, competente e útil, sendo que esse apoio foi muito necessário para garantirmos um bom processo.”

 

A condução próxima em projetos é uma característica marcante da Mindsight, sendo os processos assertivos e eficazes, criados em conjunto com o cliente, a confirmação disso.

 

O projeto se inicia a partir de uma série de trocas de conhecimentos a respeito do tema, promovendo uma estruturação da Pesquisa de Clima, passando pela leitura e interpretação de resultados e, ao final, termina com a identificação de pontos críticos para gerar os planos de ação, etapas chave para o sucesso de uma Pesquisa de Clima.

 

 

Com base nessa elaboração e sequência descrita acima, a Vetta acordou com o planejamento proposto pela Mindsight de colocar em prática um projeto de pesquisa com frequência trimestral.

 

Esta recorrência permite que os planos de ações sejam averiguados e monitorados de forma rápida e constante, o que promove:

  • um atingimento de melhorias eficientemente;
  • insumos de qualidade para outras análises;
  • não saturamento os colaboradores com uma quantidade de envios muito grande.

 

De acordo com alguns estudos, pontos críticos devem ser mensurados em todos os trimestres, isso se dá, principalmente, pelo prazo de validade de até três meses do uso do dado. Uma informação como essa pode ser utilizada em análises preditivas até esse período e, após esse intervalo, esta base se torna falha e ineficiente quanto ao que quer traduzir.

 

Por conta disso, o aconselhamento na metodologia de Pesquisa de Clima feita pela Mindsight foi baseado em testes empíricos e respaldos literários. Essas recomendações são, então, debatidas e escolhidas pelos clientes que fazem a proposta inicial (16 perguntas de frequência trimestral) ser customizada na plataforma.

 

Com certeza, um dos maiores desafios de uma Pesquisa de Clima é garantir o engajamento e uma alta taxa de adesão no processo. Uma das variáveis que pode impactar essa aderência é um envio de pesquisas em alta frequência (mais recorrentes que trimestrais), pois:

  • O colaborador pode se sentir sobrecarregado em responder os frequentes questionários;
  • Inviabiliza uma possível intervenção pela empresa com planos de ação eficazes até a próxima rodada (espaçamento entre esses envios é muito curto);
  • Cria oportunidades para o funcionário ter uma percepção errada sobre o projeto, já que não irá notar mudanças, rapidamente, baseadas em suas percepções relatadas.

 

O problema principal em ter uma diminuição na taxa de respostas ao longo do tempo é que, com isso, perde-se também, a acurácia do resultado derivado da pesquisa, impedindo, assim, seu uso para uma tomada de decisão assertiva.

 

Ainda que contraditório, é preciso compreender que mesmo com um espaço aberto e seguro para os funcionários relatarem suas percepções sobre a organização, esse fator não está diretamente ligado a taxa de respostas dos participantes.

 

Essa questão implica na importância de se traçar táticas que vão garantir o comprometimento de todos. A Vetta, nesse quesito, se assegurou de uma boa aderência em suas respostas, como diz Marina:

 

“Superamos nossas próprias expectativas, por ser o primeiro processo, foi excelente!  Obtivemos em torno de 70% de adesão. Um marco, até comemoramos! Estou ansiosa para o próximo ciclo, quero melhorar ainda mais esse projeto que de cara já foi um sucesso.”

 

Tendo em torno de 200 funcionários, a Vetta atingiu um engajamento de 72.5% em sua Pesquisa. a mínima porcentagem aceitável para que os resultados de uma Pesquisa de Clima tenham acurácia, levando em conta que apenas uma amostra se tornou respondente dentro de uma população maior.

 

Neste caso, a Vetta se enquadraria, portanto, com 66% no mínimo de respondentes para atingir uma Pesquisa confiável:

 

Esse engajamento da Vetta foi fruto de uma sólida estratégia de comunicação interna de sua equipe: quando os funcionários entendem a importância de suas participações, o propósito do projeto é atingido.

 

Para a certificação dessa cooperatividade, a Mindsight dispôs de algumas manobras que auxiliaram esse alcance:

“O papel da Mindsight antes da Pesquisa de Clima começar foi extremamente crucial. A equipe de Sucesso do Cliente proporcionou reuniões em nossa empresa e disponibilizou o conhecimento por trás da pesquisa em si: foi explicado como funcionava a metodologia, o sistema, a questão do anonimato, entre outros. Foi, com certeza, um divisor de águas.”

 

Após a compreensão por parte dos funcionários da Vetta sobre o projeto, que estava sendo realizado por um fornecedor externo, Marina diz que o retorno dos colaboradores se enquadrava exatamente na realidade que buscava conseguir: a sinceridade foi muito presente nas respostas e, portanto, eles tiveram uma segurança na confidencialidade do processo.

 

Ela relata que isso foi muito rico e serviu como aprendizado, já foi possível promover um indicador de grande confiança e transparência pelos membros que expuseram, sinceramente, seus pensamentos sobre a Vetta.

 

Os Impactos Gerados

 

Contentes com a conclusão dessa fase do projeto, os representantes da Vetta entenderam que, independentemente de positivas ou negativas, as conclusões obtidas pelos resultados permitiram identificar o cenário em que se encontravam.

 

Dentre as melhores notas nas dimensões da Pesquisa de Clima realizada, podemos citar, com breves descrições:

  • Home Office: correlações sobre nova realidade causada pela pandemia do Covid-19;
  • Equipe: satisfação do trabalho em grupo;
  • Impacto: noção pessoal do impacto que seu trabalho gera.

 

De forma contrária, algumas categorias se demonstraram desprovidas da atenção necessária, como, por exemplo, as dimensões de:

  • Liderança: ações e comportamentos dos gestores quanto a transparência e preocupação de desenvolvimento alheio;
  • Benefícios: satisfação quanto aos benefícios providos pela empresa;
  • Reconhecimento: interligado com a demonstração de gratidão da empresa com o colaborador;
  • Comunicação: comunicação interna frente às mudanças e estratégias da empresa para com os colaboradores;
  • Intenção de Sair: enquetes com foco em oportunidades de desenvolvimento, visão a longo prazo e segurança do trabalho.

 

A compilação dessas informações é distribuída de forma automática, sendo que os resultados ficam disponíveis após, no máximo, 1 semana da aplicação e sua devolutiva é subdividida por áreas e gestores no software da Mindsight.

 

Assim, permite-se o profundo entendimento sobre o Clima Organizacional da empresa e a compreensão de quais pontos específicos necessitam de uma evolução verdadeira.

 

Esses dados no sistema formam um histórico otimizado que, com as rodadas anteriores, gera comparações entre os ciclos, possibilitando, assim, análises e indicadores em intervalos estipulados. Ou seja, é possível fazer uma apuração em nível macro e micro referente às percepções dos empregados com o passar do tempo, viabilizando inúmeros insights sobre a eficácia e impressão dos planos de ação realizados nas Pesquisas de Clima anteriores.

(Interface meramente ilustrativa do software Full Analytics: módulo de Engajamento)
(Interface meramente ilustrativa do software Full Analytics: módulo de Engajamento)

 

Essa qualidade e precisão dos elementos adquiridos orientou quais providencias deveriam ser tomadas na gestão de gente da Vetta, como diz Marina:

 

“Lidar com o resultado era importante, precisávamos ter uma noção correta de como agir. Conseguimos, com o sistema, sair do campo dos sentimentos e ideias e partir para algo concreto e real, nos embasando em dados.”

 

Um dos pontos que mais saltou aos olhos da empresa nas respostas foi a lacuna de aproximação entre os colaboradores e seus respectivos gestores, visto que esta variável impacta nas dimensões de: Comunicação, Reconhecimento e Liderança – todas categorias mencionadas anteriormente como sinais de atenção obtidos na devolutiva da Vetta.

 

É importante frisar que líderes possuem uma nobre tarefa de guiar sua equipe, estimulá-los, sendo que a boa relação com seu time impactará diretamente o rendimento da instituição.

 

A ferramenta da Mindsight permitiu, portanto, o entendimento de que alinhamentos internos entre líder e liderado devem ser fundamentais para uma eficiência contínua.

 

Desta forma, Marina prosseguiu sua parceria realizando, junto de seus gestores, um treinamento de feedback guiado pela equipe de Sucesso do Cliente que os acompanhava nessa jornada.

 

“Existia ali a possibilidade de reforçar uma comunicação que idealizávamos: fazer e ensinar boas práticas de feedback. Queríamos fortificar essa franqueza alcançada. Chegamos, então, a um consenso interno sobre importância desse treinamento.”

 

O aperfeiçoamento de feedbacks complementa não apenas uma forma de atenuar os resultados da pesquisa realizada, mas promove, também, um desenvolvimento de pessoas de forma cíclica.

 

O workshop realizado pela Mindsight contou com 4 horas de imersão, incluindo uma parte teórica e outra prática, possibilitando, deste modo, a ministração de diversas frentes didáticas com foco no aprendizado dos integrantes.

 

Este treinamento visou aprimorar os conhecimentos sobre essa etapa tão importante para qualquer empresa. Foram abordadas facetas que, juntas, estimularam impactos nos líderes e na forma como agiam, fazendo com que estes aplicassem, no dia a dia, os ensinamentos absorvidos.

 

Dentre os conteúdos da capacitação, podemos citar, por exemplo: Ciclo de Performance e Desenvolvimento, alguns modelos de feedback, a importância de fornecer retornos, como ter uma preparação e um processo ideal junto de boas práticas, a diferença entre um feedback e um PDI, os desafios da liderança em tempos de trabalho remoto e, por fim, role plays com dinâmicas em grupo.

 

Para a Vetta, esse treinamento foi muito proveitoso, seu CEO, Thiago Turchetti, também participou da capacitação, acompanhando a liderança da empresa e os motivando a promover um local aberto para sinceridade com retornos recorrentes.

 

É mencionado por Marina, também, que essa capacitação esclareceu para os funcionários uma noção equivocada que tinham, até então, sobre feedbacks: eles acreditavam na obrigatoriedade de momentos formais e fixos para execução de um feedback.

 

Os colaboradores, por sua vez, passaram a entender que em um ambiente aberto e receptivo, existe uma correlação muito forte entre o progresso holístico, a sinceridade e a responsabilidade.

 

 

Ademais, o resultado da Pesquisa de Clima da Vetta revelou outro tópico destacado pelos funcionários como crítico, o que direcionou uma nova ação na gestão de pessoas da empresa. A líder de RH menciona sobre:

 

“Além do treinamento de feedbacks, outro aspecto decorrente dos resultados da Pesquisa de Clima foi a alteração de benefícios dos funcionários: o vale refeição, por exemplo, já havia sido mencionado como ponto de melhoria no nosso dia a dia. Decidimos, depois da visualização dos dados obtidos, transformar nosso benefício em flexível. Tínhamos uma percepção anterior sobre o assunto, mas sem sombra de dúvidas, as informações coletadas fizeram com que um fosse gerado um senso de urgência para nós, do RH, se tratando sobre o desejo dos nossos profissionais.”

 

 

O Panorama Atual

 

Satisfeitos com a solução encontrada, a Head de Recursos Humanos conclui afirmando que a confiança no sistema e na parceria com a Mindsight foi um diferencial encontrado em meio ao mercado de fornecedores:

 

“É perceptível a diferença que essa profissionalidade gerou, já até indiquei para outras empresas esse processo com a Mindsight, desejo levar isso comigo por onde eu estiver.”

 

Em relação aos colaboradores da Vetta, pode-se dizer que foram percebidas notórias modificações oriundas da Pesquisa de Clima: os planos de ação se tornaram relevantes tanto para o mantimento de um alto engajamento, como também para a preservação de uma boa relação na troca de percepções entre os trabalhadores e a organização,  já que os funcionários constatam os impactos e influências das suas convicções na companhia. Suas opiniões importam!

 

Assim, pode-se dizer que o objetivo final da Vetta foi atingido: as pessoas foram ouvidas e a forma como a administração ocorre, atualmente, permite incorporar as múltiplas visões dos trabalhadores sobre a empresa no cotidiano, atingindo, portanto, um desenvolvimento incessante da companhia.

Por