Employee experience: melhore a experiência digital dos seus funcionários!

 

Employee experience é um tema que está cada vez mais presente nas organizações brasileiras. Sobretudo após a pandemia de Covid-19. Isso porque o home office passou a fazer parte da nossa vida com muito mais força. Prontas ou não, as empresas tiveram que se adaptar ao trabalho remoto.

 

No início, essa mudança foi considerada temporária. Porém, empresas como Twitter, Google e Microsoft se comprometeram a manter o trabalho remoto por muito mais tempo.

 

Uma pesquisa do Business Insider relata que, pelo menos nos Estados Unidos, 2 a cada 3 empresas podem manter seus funcionários trabalhando em casa para sempre. Dessa forma, é importante que as organizações construam uma experiência digital positiva para os seus colaboradores.

 

Entretanto, para muitas empresas essa preocupação é ainda algo secundário. Continuam pensando apenas em seus clientes. E isso pode causar problemas de retenção e recrutamento no futuro.

 

Quer saber como mudar esse quadro? Então nos acompanhe neste texto!

 

Employee experience - Home office

 

  1. O que é o employee experience?
  2. Employee experience digital é diferente do presencial?
  3. Dicas para melhorar o employee experience digital
    1. Funcionários devem ter ferramentas adequadas
    2. Foco no bem-estar
    3. Capacite os funcionários para usar as ferramentas
    4. Crie limites para evitar a sobrecarga
    5. Seja claro sobre reuniões e seus horários
    6. Atualize regras e políticas
    7. Faça feedbacks regulares
    8. Use os valores da sua empresa para orientar suas ações
    9. Elabore um bom plano de benefícios
    10. Organize eventos ocasionais para fortalecer laços
    11. Férias continuam existindo!
    12. Controle as contratações internas na sua empresa
    13. Incentive programas de desenvolvimento individual
    14. Envolva os funcionários no processo de contratação
    15. Tratamento igualitário entre funcionários
    16. Foco na construção da confiança
    17. Envie pacotes de cuidados e cartas
    18. Comemore marcos importantes no trabalho
    19. Revisite sua experiência de integração
    20. Pergunte aos seus funcionários o que eles precisam
  4. Employee experience digital é lembrar que ainda somos gente!

 

1. O que é o employee experience?

 

Employee experience (EX) é um termo em inglês que significa “experiência do funcionário”. Esse conceito designa o esforço de proporcionar experiências memoráveis/agradáveis aos funcionários de uma organização. Desde o momento em que ingressam na empresa até o momento em que a deixam.

 

Assim, o EX tem uma ideia que dialoga muito com o conceito de Customer Experience (CX). Mas este é focado nos consumidores; e aquele, nos colaboradores.

 

De todo o modo, o employee experience tem como finalidade a criação de um ambiente de trabalho saudável, que incentive os colaboradores a se desenvolverem pessoal e profissionalmente. E como faz isso? Por meio de interações (experiências) positivas que ocorrem ao longo de toda a jornada do funcionário.

 

Portanto, não são apenas seus clientes e consumidores que devem ter uma boa experiência. São também seus funcionários. Mas quando foi a última vez que você olhou para eles? Seus funcionários estão se sentindo contemplados por uma EX bem estruturada? Sobretudo agora trabalhando em home office, será que não estão tendo experiências desagradáveis?

 

Lembre-se de algo importante: o capital humano é bem mais valioso de uma organização!

 

É importante compreender essa jornada para que você possa construir um employee experience adequado à your organization's culture. E que, ao mesmo tempo, vá agradar seu crescente número de funcionários.

 

2. Employee experience digital é diferente do presencial?

 

muitos desafios a serem superados pelo RH em 2021. Alguns obstáculos inerentes à prática do home office se encaixam aí. Afinal, nem sempre é fácil lidar com um contingente tão grande de pessoas trabalhando remotamente. Você precisa se esforçar para garantir que tanto o RH quanto os líderes estejam orientando corretamente esses funcionários.

 

A comunicação com trabalhadores remotos também é um desafio. Usar e-mails, Microsoft Teams, WhatsApp…? Como assegurar que seus funcionários estejam à disposição em momentos de urgência?

 

Conectar-se com sua equipe remota requer um planejamento adequado. Ao ler este texto, pense em maneiras de simplificar sua abordagem para uma experiência digital do funcionário. Para que você pode criar um processo documentado? Como você usará essas dicas em sua vida como gerente?

 

Criar uma estratégia de employee experience para seus funcionários remotos é a melhor parte, porque cria uma estrutura fácil de seguir. Depois de fazer o trabalho uma vez, normalmente você pode automatizar partes desse processo por meio de várias ferramentas de trabalho remoto.

 

Faça uma relação das ferramentas disponíveis na sua empresa que auxiliam o trabalho remoto. E veja como elas podem ser aplicadas para melhorar o employee experience dos seus funcionários.

 

3. Dicas para melhorar o employee experience digital

 

Vamos então às estratégias para melhorar o employee experience dos seus funcionários. Temos aqui 20 boas práticas que podem te ajudar a atingir esse objetivo.

 

Tentar aplicar todas elas ao mesmo tempo talvez não seja a melhor tática. É bom dar um passo de cada vez. Algumas dicas descritas aqui podem ser difíceis de seguir, ou então podem não se aplicarem à sua empresa.

 

Portanto, tome esta lista como inspiração e monte um plano para ação para a transformação gradual do seu ambiente de trabalho. A melhor maneira de usar este texto é implementar alguns itens (2 ou 3) em vez de tentar aplicar todas as 20 dicas ao mesmo tempo.

 

Funcionários devem ter ferramentas adequadas

 

Uma das primeiras dicas para melhorar o employee experience remoto é garantir que sua equipe tenha tudo de que precisa.

 

No escritório, é extremamente fácil saber quais funcionários têm suas necessidades atendidas e quais não têm. Você vê funcionários de escritório pelo menos uma vez por semana, vê seu espaço no escritório e pode ver facilmente quando precisa intervir.

 

Mas quando os funcionários trabalham em casa, pode não ser tão fácil assim. Aliás, é comum ficar alguns dias sem conversar com determinado funcionário.

 

Por isso seja cuidadoso na hora de fornecer as ferramentas necessárias para realização do trabalho:

 

  • Faça uma relação dos materiais fornecidos aos funcionários remotos, como laptops, mouses, teclados, fones etc.
  • Crie um formulário em que os funcionários possam solicitar itens como upgrade de equipamentos e programas de computador
  • Entenda as condições de trabalho de cada um de seus funcionários, fornecendo soluções alternativas àqueles que não dispõem de um ambiente adequado para o trabalho em suas casas.

 

Foco no bem-estar

 

Employee experience - Mãe cuidando de bebê

 

Trabalhar em casa é algo que nem todo mundo está acostumado. Dependendo das circunstâncias e condições de trabalho, o home office pode ser extremamente desagradável para o funcionário. E aí vêm o estresse, a ansiedade e até mesmo a depressão.

 

Pensar na saúde mental de seus colaboradores é absolutamente fundamental. Aliás, não só naqueles que trabalham remotamente, mas sim em todos! Essa é uma questão muito relevante nos dias de hoje – e tem a ver com toda a sua força de trabalho.

 

Dessa forma, você pode reservar algum orçamento para oferecer incentivos ou reembolso aos funcionários que se envolverem em atividades que irão melhorar seu bem-estar.

 

Um investimento em bem-estar não mostra apenas aos funcionários que você se preocupa com eles. Também os ajuda a serem mais felizes, mais produtivos e a aumentar o engajamento com a organização.

 

Capacite os funcionários para usar as ferramentas

 

Se seus funcionários estão acostumados com a vida no escritório, eles podem ter dificuldades no manejo de ferramentas de trabalho remoto, como Zoom ou Microsoft Teams. Pense que nem todos eles têm o mesmo nível de destreza com a tecnologia.

 

Portanto, não os deixe vulneráveis sem nenhum tipo de assistência ou treinamento. Reserve algumas reuniões para lhes explicar essas ferramentas e mostrar como elas serão usadas no trabalho. E, se necessário, organize cursos de capacitação.

 

É importante garantir que todos estão sabendo manusear as ferramentas eficientemente. Afinal, quer coisa mais desalentadora que notar a produtividade do seu time baixando pelo mau uso das ferramentas virtuais?

 

Melhor evitar uma surpresa desagradável dessas, não?.

 

Crie limites para evitar a sobrecarga de trabalho

 

Não é por estarem em casa que funcionários trabalham menos. Pelo contrário, aliás! A percepção geral é que eles tiveram um aumento de 51% nas suas atividades de trabalho. Ou seja, se a percepção estiver correta, funcionários têm trabalhado mais agora, no home office, do que trabalhavam antes, no escritório.

 

E por que isso acontece? Simples. Porque pode ser difícil se desligar do trabalho quando você trabalha em casa. Além disso, as reuniões tendem a aumentar bastante no home office, tornando mais desafiador encontrar o tempo de foco necessário para realizar o trabalho.

 

Dessa forma, separamos aqui algumas ideias para ajudá-lo a definir limites claros para as atividades de trabalho da sua equipe:

 

  • Permita que os funcionários tenham um horário de trabalho mais flexível e que, cumprindo sua jornada, possa estar de acordo com suas atividades domésticas
  • Certifique-se de que esses horários também atendem às necessidades da organização — por exemplo, entregas, reuniões e treinamentos
  • Crie limites para que funcionários não fiquem trabalhando por muitas horas além da sua jornada
  • Além disso, converse claramente sobre horas extras remuneradas (ou seja, quando são válidas e quando não são)
  • Tenha feedback regulares dos seus funcionários sobre questões como “você está conseguindo focar no trabalho?” e “seu ambiente continua adequado para realização das suas atividades?”

 

Como leitura complementar, recomendamos este texto do UOL sobre direitos e deveres de funcionários em home office. É bastante explicativo e tem basicamente todas as informações necessárias, incluindo leis e artigos da Constituição, sobre o aspecto legal do trabalho remoto.

 

Seja claro sobre reuniões e seus horários

 

Reuniões são benéficas não só para o employee experience, mas porque ajudam a garantir que os membros da equipe estão informados sobre o que está acontecendo no departamento e na organização como um todo.

 

Reuniões regulares são ainda mais importantes quando você tem funcionários trabalhando remotamente, já que não há muito espaço para uma conversa mais informal e descompromissada — como costuma acontecer nos escritórios.

 

Assim, levantamos alguns pontos que devem ser considerados quando se tratam de reuniões:

 

  • Quantas reuniões deve haver por semana?
    • No mínimo, recomendamos que haja pelo menos uma reunião com toda a equipe por semana — e se houver mais equipes no departamento, também uma reunião com todo o departamento
    • Também pode ser interessante fazer reuniões individuais semanais ou quinzenais com cada liderado
  • Cuidado com o excesso de reuniões!
    • Certifique-se de que todas as reuniões tenham um objetivo claro antes de serem incluídas na programação
  • Evite ao máximo (e sempre que possível) reuniões nos finais de semana
  • Leve em consideração todos os fusos horários dos locais de trabalho de seus membros
    • Use o Google Agenda ou uma ferramenta como o Doodle para encontrar os horários mais agradáveis
    • Se não houver um horário amigável a todos, grave a reunião para reproduzi-la mais tarde.

 

Atualize regras e políticas para contemplar o trabalho remoto

 

Frequentemente, criamos regras que funcionam em um ambiente de escritório, mas não fluem muito bem no trabalho remoto. Por exemplo, você pode estabelecer uma jornada de trabalho das 8h às 17h. Mas e se a organização contratar alguém que trabalha em outro fuso horário? Quais são as expectativas dele?

 

Como mencionado anteriormente, você precisa ajustar políticas de horário para garantir que os funcionários não precisem acordar cedo demais nem precisem dormir tarde demais para realizar seu trabalho.

 

Mas não apenas a questão do horário é importante. Há muitas outras políticas que devem estar ajustadas às novas condições. Seguem algumas para as quais você deve se atentar:

 

  • Equipamentos e ferramentas de trabalho adequados (já foi abordado em tópico anterior)
  • Softwares e sistemas tecnológicos que permitam acesso do usuário, identidade única, monitoramento de serviço etc.
  • Despesas e seguro, caso seja necessário reembolsar alguns funcionários
  • Segurança de dados, para dar tranquilidade ao funcionário na hora de compartilhar dados pessoais — pode ser interessante fornecer uma Rede Privada Virtual (VPN)
  • Formulário de consentimento a fim de resguardar a organização contra abusos de má-fé — assim, funcionários contratados, novos ou antigos, devem assinar um termo concordando com as políticas de trabalho remoto e se responsabilizando por suas ações.

 

Faça feedbacks regulares

 

Funcionários devem ter e saber usar as ferramentas de trabalho

 

Se você deseja que seus funcionários remotos tenham sucesso, é necessária uma prática de feedbacks frequentes.

 

Defina um 1:1 semanal ou quinzenal com cada membro da sua equipe e dê a eles tanto os feedback quanto as atualizações do trabalho. Complementarmente, receba deles o feedback sobre questões que sejam relevantes.

 

Assim, algumas práticas que podem ser consolidadas nesses encontros são:

 

  • Entender a carga de trabalho deles
  • Perguntar se precisam de ajuda com alguma coisa
  • Detalhar projetos que precisam de mais contexto e nuance
  • Estreitar o relacionamento com esse funcionário, aumentando a confiança entre ambos
  • Mostrar que você realmente se importa com ele e que estará lá sempre que precisar de você.

 

Encontros um-a-um são uma ótima maneira de manter contato com seus funcionários, sobretudo se estiverem trabalhando remotamente. Não deixe de inseri-los em sua agenda e, dentro do possível, reservar um horário fixo para eles.

 

Use os valores da sua empresa para orientar suas ações

 

Esta é uma questão absolutamente fundamental! Os valores e comportamentos defendidos pela empresa devem orientar como você trata os funcionários. E, consequentemente, o que eles devem esperar de seus líderes e gestores.

 

Isso tem de estar muito claro para todo mundo, mesmo que trabalhando em casa. Portanto, acaba sendo algo ainda mais amplo do que consolidar um bom employee experience dos seus funcionários. É algo que tem a ver com a identidade da sua organização.

 

Dê uma olhada nos valores da sua empresa. Você está demonstrando esses valores ao lidar com funcionários remotos?

 

Lembre-se de que os valores são mais do que uma medição externa do seu negócio. Devem também orientar as ações internas e incentivar hábitos defendidos pela organização.

 

Elabore um bom plano de benefícios

 

Benefícios não são uma questão tão trivial quanto parecem. Especialmente quando você lida com funcionários remotos em uma variedade de locais. Esses colaboradores merecem benefícios que sejam funcionais para eles.

 

Já falamos um pouco mais sobre o assunto neste texto aqui. Caso queira saber mais, não deixe de conferir o conteúdo! De todo modo, saiba que benefícios são importantes tanto para engajamento da equipe quanto para atração de talentos.

 

Portanto, desprenda esforços na estruturação de um bom pacote de benefícios para aumentar o employee experience. Faça um balanço geral a fim de verificar se esses benefícios são realmente usados ou constantemente desperdiçados.

 

Algumas questões podem te ajudar a balizar essa reformulação do seu pacote:

 

  • Você pode oferecer esses mesmos benefícios a funcionários que moram fora do estado (ou do país)?
  • Como seus funcionários se sentem sobre os benefícios atuais?
  • O que pode ser considerado para melhorar o engajamento e o bem-estar da sua força de trabalho?
  • Os benefícios são compatíveis com os oferecidos pelo mercado ou estão muito defasados?

 

Seu administrador de benefícios deve ser capaz de ajudá-lo a criar um plano adequado às condições e necessidades da sua organização. E, claro, que sejam relevantes para os seus funcionários. Um ótimo benefício é aquele que esteja sendo realmente usado, não aquele que fica bonito no papel.

 

Organize eventos ocasionais para fortalecer laços

 

Funcionários remotos costumam apreciar o fato de estarem trabalhando em suas próprias casas. Mas também gostam de sentir que existe de fato um trabalho em equipe, que não estão sozinhos.

 

Assim, eventos que os reúnam dão aos funcionários a chance de estreitarem laços e se conhecerem melhor. É uma boa medida para apoiar o employee experience e incentivar o sentimento de coletividade.

 

Organize eventos recreativos online incentivando a participação de todos os colaboradores. Nessas reuniões, compartilhe seus objetivos, converse sobre o que está acontecendo em sua vida e faça algo divertido. Sua equipe sairá com um novo senso de propósito e entusiasmo sobre o trabalho que realizam.

 

E futuramente, à medida que as vacinas contra a Covid começarem imunizar a população, você poderá idealizar reuniões presenciais. Mas por enquanto nada de aglomeração! Respeitemos o distanciamento social.

 

Férias continuam existindo!

 

Mesmo que seus funcionários não possam ir a lugar nenhum — afinal, estamos numa pandemia —, saiba que as férias não deixaram de existir. Longe disso, aliás: estão tão vivas quanto antes!

 

Quantos dias de férias você usou em 2020? E os outros colaboradores? Embora pareça desimportante, essa questão tem consequências reais na employee experience dos funcionários.

 

Isso porque, trabalhando em home office, muitos acabaram emendando dias de trabalho e deixando de curtir dias de folga. Muitos líderes estão enfrentando desafios pela falta de férias dos funcionários em 2020. E talvez esse quadro esteja se repetindo em 2021.

 

Você talvez precise se esforçar um pouco para descobrir como fazer os funcionários tirarem suas merecidas folgas. Sabemos o valor benéfico de uma pausa prolongada do trabalho.

 

Ajude seus funcionários a pensarem em coisas interessantes para fazer nas folgas, mesmo que não possam viajar como desejam. Garanta que os funcionários estejam realmente tirando férias. E que nesse período eles fiquem longe, se possível, de e-mails corporativos e aplicativos como o Google Meets.

 

Controle as contratações internas na sua empresa

 

Uma ótima maneira de melhorar o employee experience em tempos de pandemia é a contratação interna — também chamada de recrutamento interno. Às vezes, seus funcionários querem tentar a sorte em um departamento diferente. Ou então realizar outra tipo de trabalho dentro do mesmo departamento.

 

Quando você tem vagas de emprego no trabalho, pense em seus funcionários atuais. Eles são aptos a preencherem essas funções? Realizar algumas contratações internas pode produzir coisas incríveis para sua empresa e aproximar seus funcionários das funções que desejam exercer.

 

Aqui estão algumas estratégias para estruturar um programa de recrutamento interno mais inteligente e eficaz:

 

  • Atualize regularmente seu organograma para manter o controle sobre as oportunidades oferecidas dentro da organização
  • Certifique-se de que todas as vagas de emprego estejam prontamente disponíveis para contratações internas (mesmo contratações entre departamentos)
  • Crie programas de mentoria interdepartamentais para que seus funcionários possam conhecer diferentes setores e funções de trabalho.

 

Incentive programas de desenvolvimento individual

 

O desenvolvimento profissional é essencial para trabalhadores remotos. Como você vai desenvolver seus funcionários e garantir que estejam dedicando tempo com eles mesmos? A resposta você já deve conhecer: por meio de um plano de desenvolvimento individual.

 

O PDI é uma ferramenta notável em se tratando de employee experience e engajamento. Com ela, os funcionários perceberão que a organização realmente se importa com eles.

 

Quer saber como implementar um PDI no seu departamento? Então acesse este texto. Fizemos um guia prático com 7 passos para criar um plano de desenvolvimento individual.

 

Além disso, pode ser interessante considerar outros benefícios para que, por exemplo, os funcionários possam se presentear com livros, treinamentos online, cursos de capacitação, conferências etc.

 

Incentivar o crescimento pessoal de seus funcionários te ajudará a criar um local de trabalho mais sustentável que acompanha as tendências e experiências atuais do mercado.

 

Envolva os funcionários no processo de contratação

 

 

Uma interessante estratégia de employee experience é fazer com que seus funcionários sejam envolvidos nas novas contratações. Isso estimula o sentimento de estarem moldando o futuro da organização.

 

Sempre que houver um processo de recruitment and selection process, coloque alguns funcionários na videoconferência durante as entrevistas. Façam com que participem ativamente da escolha do novo colaborador, ouvindo suas considerações e percepções sobre o contratado.

 

Esse greater sense of belonging. inspira orgulho nos antigos colaboradores e fomenta uma sensação de acolhimento nos novos ingressantes.

 

Tratamento igualitário entre funcionários remotos e internos

 

Se sua organização pretende ter funcionários internos e funcionários remotos, faça com que não se crie um desequilíbrio injusto entre eles.

 

É até esperado que haja alguma diferença entre pessoas que você vê todos os dias e pessoas que você não vê todos os dias. Porém certifique-se de que sua equipe remota se sinta igualmente apreciada.

 

Talvez você precise alterar a sua rotina para se conectar regularmente com funcionários remotos, mas todo o tempo que você gasta nisso será devidamente recompensado.

 

Defina um lembrete na sua agenda todos os dias para verificar em que pé estão seus funcionários remotos. Seja por meio de videoconferência, seja por mensagens rápidas em algum programa ou aplicativo.

 

Foco na construção da confiança

 

A confiança é a base de muitos relacionamentos. Se você não pode confiar em seus funcionários, logo perceberá que uma brecha começa a surgir entre você e sua equipe.

 

Dessa forma, a falta de confiança pode ser um enorme problema quando há colaboradores trabalhando remotamente. Na verdade, a falta de confiança é problemática em quaisquer circunstâncias, mas ela se agrava em situações de home office.

 

Sem confiabilidade mútua, divisões dentro da equipe não tardarão a surgir. E com elas os obstáculos de gerenciamento, cumprimento de metas, produtividade… Afinal, como garantir uma performance management eficaz sem ter contato físico com os membros da sua equipe? E sem ter a confiança de que estão realizando um bom trabalho?

 

Embora saibamos que os trabalhadores remotos tendam a trabalhar mais horas do que o normal, essa é uma questão muito desafiadora. Dependendo da situação, acaba causando um desconforto geral.

 

Por exemplo, se o gestor precisar registrar cada minuto do trabalho de um liderado por achar que ele não está cumprindo com a carga horária. Ou se, por algum motivo, precisar monitorar o histórico de navegação — atitude que nós da Mindishgt desincentivamos fortemente! Somente, talvez, em casos muito específicos envolvendo questões judiciais.

 

Portanto, deixe seus funcionários remotos trabalharem de uma maneira que faça sentido para eles. Eles podem não precisar trabalhar no horário tradicional, mas ainda assim fazer o trabalho com competência e comparecer às reuniões sem atraso.

 

Como gestor ou profissional de RH, tudo o que você quer é um trabalho de qualidade da sua equipe. Mas você precisa entender que, quando existem trabalhadores remotos, esse trabalho de qualidade pode ser produzido de maneira diferente e em momentos diferentes.

 

Envie pacotes de cuidados e cartas

 

Agora chegamos algumas estratégias de employee experience mais “descontraídas”. Porém, que podem ter efeitos tão consistentes quanto as outras mais “sérias”. Afinal, todos nós gostamos de receber mimos, não é verdade?

 

Mostre sua gratidão aos seus funcionários remotos enviando-lhes um pacote ou um carta ocasionalmente. Atente-se aos endereços de entrega e ao tempo de frete, evitando atrasos que podem diminuir o impacto positivo dessas ações afetuosas.

 

Reserve um tempo para valorizar seus funcionários em momentos aleatórios ao longo do ano. Não tenha medo de escrever uma carta de reconhecimento ou enviar um “pacote de mimos” na próxima vez que pensar em um de seus funcionários remotos. Alguns exemplos de cortesias que podem ser aproveitados:

 

  • Lanches e bebidas
  • Jogos divertidos
  • Novos livros
  • Objetos de bem-estar e anti-estresse, como cordas e bolinhas de apertar
  • Etc.

 

Conheça melhor seus funcionários e tenha em mente o que apreciam. Envie-lhes esses cuidados com uma mensagem amigável, evidenciando a gratidão por estarem trabalhando na sua organização.

 

Comemore marcos importantes no trabalho

 

Marcos como aniversários e datas de trabalho devem ser comemorados. Não comemorar esses marcos de maneira apropriada pode ser um gatilho para se não se sentirem tão valorizados no trabalho e se desengajarem da empresa.

 

Ao contratar um novo funcionário, certifique-se de anotar sua data de nascimento e de ingresso à organização. Crie outra tarefa com pelo menos um mês de antecedência em seu calendário para poder se lembrar a tempo.

 

Tente tornar esses dias o mais memoráveis ​​possível. Mesmo que você tenha de comemorar com distanciamento social.

 

Revisite sua experiência de integração

 

Employee experience - Deixe seus funcionários à vontade

 

Conhecida como onboarding, a integração de funcionários estabelece um precedente para cada interação que sua equipe remota terá com você. Se você deseja melhorar o employee experience, comece por aí — que é o início de tudo.

 

  • Crie uma experiência de integração de funcionários que ajude todos eles a se estabelecerem em sua nova função e vida na empresa
  • Divulgue o processo de integração com calendário e datas importantes para que seus novos possam se programar e não fiquem sobrecarregados
  • Use várias vozes durante o processo de integração para que os funcionários conheçam mais pessoas e departamentos
  • Construa seu processo de integração em um documento para que você possa repeti-lo a todas as contratações futuras.

 

Pergunte aos seus funcionários o que eles precisam

 

Por último mas não menos importante, pergunte a seus funcionários o que eles precisam.

 

Seja direto sobre o employee experience de funcionários remotos e diga a eles que você deseja atendê-los melhor. Podemos dar dicas gerais para melhorar o trabalho remoto, mas nada do que dissermos será tão valioso quanto a forma como seus funcionários se sentem.

 

Converse com eles, aja de acordo com suas recomendações e construa uma empresa na qual todos os funcionários tenham orgulho de participar. Use uma ferramenta de pesquisa para automatizar o feedback contínuo.

 

4. Employee experience digital é lembrar que ainda somos gente!

 

Agora que você entende a importância de um bom employee experience, especialmente agora que quase todos estão em home office. E como melhorá-la para seus funcionários virtuais, temos um desafio para você.

 

Pegue uma das sugestões que compartilhamos no artigo de hoje e implemente em sua empresa. Defina metas e iniciativas para melhorar o envolvimento dos funcionários, apesar dos obstáculos que a Covid-19 apresentou.

 

O employee experience da sua organização não mudará se você não começar a definir metas e tomar medidas para ajudar a criar um ambiente de trabalho melhor. Um pequeno passo hoje pode fazer uma enorme diferença na vida de seus funcionários remotos e em seu bem-estar.

 

Gostou do conteúdo? Então compartilhe com os amigos e colegas de trabalho. Para qualquer dúvida sobre as nossas soluções, agende uma conversa conosco.

By