Bem-estar no trabalho: boas estratégias para incentivar essa cultura

 

Pode parecer inusitado falar sobre bem-estar no trabalho em pleno 2021. Afinal, com a pandemia do novo coronavírus, um contingente enorme de trabalhadores deixou os escritórios e migrou para a sala das suas casas.

 

Mas estar longe do escritório não deve servir de pretexto para as organizações negligenciarem o bem-estar dos seus colaboradores. Muito pelo contrário! É por estar em casa que o funcionário deve contar com todo apoio da empresa.

 

Se em 2020 tivemos que romper com o normal e abraçar o novo, em 2021 precisamos consolidar as transformações e usar nossos esforços para tornar o ambiente de trabalho (qualquer que seja ele) mais digno e humano.

 

Assim, lutar pelo bem-estar no trabalho é o mínimo que se espera de uma organização antenada às exigências do mundo moderno. Mas como garantir isso? Quais estratégias líderes e profissionais de RH devem usar para fortalecer a cultura do bem-estar?

 

É sobre isso que falaremos neste texto.

 

  1. Liderar por meio de exemplo
    1. Autorreflexão e autoconhecimento
    2. Demonstre por meio de ações
  2. Não espere 100% de seus funcionários
    1. Tenha uma visão holística de cada funcionário
    2. Reconheça o papel do bem-estar
    3. Não espere que todos liderem
  3. Dê opções aos funcionários
    1. Capacite os gestores a defenderem suas equipes
    2. Reconheça que nem todos têm opções
  4. Faça do bem-estar um hábito
    1. Incentive as pessoas ao seu redor
    2. Agende reuniões individuais com você mesmo

 

1. Lidere por meio de exemplos

 

Bem-estar no trabalho e liderança

 

A primeira ação é quase uma autorreflexão e uma filosofia de trabalho. Porque tem mais a ver com o líder do que com os liderados. Certamente um bom líder é aquele que demonstra na prática como as atitudes devem ser. Ou seja, é quem dá o exemplo em vez de simplesmente cobrar.

 

Você provavelmente já ouviu falar sobre a diferença entre líder e chefe. Pois bem, é basicamente isso. Um chefe comanda, um líder faz e mostra como fazer.

 

Dessa forma, liderar pelo exemplo vai muito além de apenas falar sobre bem-estar no trabalho durante as reuniões. Há uma quantidade significativa de trabalho de bastidores e responsabilidade que envolvem essa prática também.

 

Então, listamos algumas ideias sobre o que os líderes podem fazer para modelar os comportamentos certos para os funcionários:

 

Autorreflexão e autoconhecimento

Como um líder, você só pode liderar as pessoas na medida em que você mesmo conduziu: você não pode se esquecer de cuidar do seu próprio bem-estar. Para fazer isso, autorreflexão e autoconocimiento são fundamentais.

 

Reserve um tempo para descobrir o que o esgota, o que o energiza e quais são seus gatilhos. Quando você entende como gerenciar a si mesmo, fica muito mais fácil gerenciar os outros.

 

Demonstre por meio de ações

Se deseja causar um impacto retumbante como líder, você deve agir. Por exemplo, você pode bloquear publicamente o tempo em sua agenda para sessões de terapia e incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo.

 

Outra ação é reservar alguns dias para cuidar da sua saúde mental. E, também, pedir a seus funcionários que tirem pelo menos duas semanas de folga a cada ano. Ações como essa demonstram aos seus funcionários que você não está apenas focado na produtividade deles. Você realmente se preocupa com os programas que implementa.

 

2. Não espere 100% de seus funcionários

 

A maioria de nós é culpada de pedir aos funcionários que tragam seus 100% para o trabalho. Mas já paramos para pensar sobre o que isso implica?

 

Seus funcionários, assim como todos os outros, têm outras coisas que exigem seu tempo e energia, como suas famílias, parceiros, hobbies e saúde. Pedir que eles gastem 100% de sua energia no local de trabalho não é realista e pode resultar em esgotamento.

 

Isso, por sua vez, é o que leva a uma cultura tóxica. A cultura está enraizada no bem-estar das pessoas. As atitudes praticadas e defendidas pela organização acabam refletindo a sustentabilidade do ambiente de trabalho.

 

Abaixo estão algumas recomendações para ajudar os líderes a serem mais atenciosos com seus funcionários:

 

Tenha uma visão holística de cada funcionário

Digamos que você tenha um projeto exigente que deseja entregar a um de seus funcionários de melhor desempenho. Ao mesmo tempo, você sabe que essa pessoa está sobrecarregada porque tem um filho doente em casa.

 

No momento, grande parte da atenção desse funcionário provavelmente será investida em sua família. Pedir-lhes que assumam responsabilidades adicionais no trabalho os levaria ao fracasso e a uma quantidade imensa de estresse.

 

Olhar para a vida de cada funcionário dessa forma holística é uma ótima prática que pode ajudá-lo a valorizar totalmente o que você está pedindo deles. Você pode considerar ajustar as datas de vencimento, alongar os prazos ou fornecer suporte adicional para diminuir o estresse e aumentar o bem-estar no trabalho.

 

Reconheça o papel do bem-estar

Pode ser tentador dizer isto: “Mas estamos administrando uma empresa e temos muito trabalho a ser feito. Não podemos nos dar ao luxo de levar em consideração a vida pessoal de todos.”

 

Em resposta, lembramos os líderes que as pessoas não podem, e não vão, produzir seu melhor trabalho se não forem saudáveis. Tanto mentalmente quanto fisicamente.

 

Um funcionário não pode fazer seu trabalho da maneira que gostaria sem estar com energia. O bem-estar é um pré-requisito para trabalhar. Aliás, isso serve para qualquer funcionário, incluindo líderes e profissionais de RH!

 

Pense em maneiras pelas quais sua empresa pode ajudar os funcionários a priorizar sua saúde e implementar programas de bem-estar para novos funcionários, como uma bolsa mensal de bem-estar ou acesso fácil a especialistas em saúde mental.

 

Não espere que todos liderem

Incentive os líderes a removerem a noção de que todos precisam ser gerentes ou executivos. Quando você se inscreve para cuidar de outras pessoas — que é essencialmente o que significa ser um líder — isso significa que você tem que dar algo de si mesmo.

 

Nem todo mundo está disposto ou tem capacidade para fazer esse sacrifício. Em vez disso, dê aos seus funcionários a liberdade de escolher seu próprio caminho e respeitar a decisão daqueles que desejam continuar contribuindo individualmente.

 

3. Dê opções aos funcionários

 

Bem-estar no trablaho - 4 estratégias

 

Quando se trata de bem-estar no trabalho, não existe uma abordagem única para todos. Algumas pessoas podem achar que a meditação é extremamente útil, enquanto outras preferem um treino intenso a desestressar.

 

Como líder de RH, é importante dar opções aos funcionários ao elaborar um pacote de benefícios ou reunir recursos para a sua empresa.

 

Além de diversos benefícios, listamos as seguintes ações para serem aplicadas às equipes. Com elas, será mais fácil promover o bem-estar no trabalho:

 

Capacite os gestores a defenderem suas equipes

Poucos estão mais familiarizados com as necessidades dos funcionários do que os gestores. É por isso que recomendamos capacitar os gestores para defender o bem-estar de suas equipes.

 

Por exemplo, um gerente pode perceber que sua equipe está esgotada. Assim, eles dão a todos a opção de tirar dias adicionais de folga do trabalho ou escolher uma recompensa experimental para ajudá-los a relaxar.

 

Permitir que os líderes de equipe tomem esse tipo de iniciativa pode permitir que você dimensione a cultura de bem-estar no trabalho e, consequentemente, na sua empresa.

 

Reconheça que nem todos têm opções

Também é importante reconhecer que nem todos podem aproveitar as vantagens dos recursos de bem-estar que você oferece. Alguns funcionários podem não ter condições de tirar férias não remuneradas e outros podem ter limitações físicas que tornam as aulas de exercícios virtuais inacessíveis.

 

Em casos como esse, incentive seus funcionários a pensar sobre o que teria um impacto positivo em seu bem-estar, embora ainda seja acessível. E ajude-os a iniciar essas conversas com os líderes da empresa.

 

4. Faça do bem-estar um hábito

 

Os hábitos são poderosos porque são automáticos. Você não tem que pensar em se vestir de manhã ou apertar o botão ‘iniciar’ de sua máquina de café, porque esses comportamentos estão profundamente enraizados em sua mente.

 

É exatamente assim que devemos abordar o bem-estar no trabalho. Em vez de nos envolvermos aleatoriamente em “atividades de bem-estar”, devemos nos esforçar para tornar certos comportamentos parte de nosso estilo de vida diário. Aqui estão as dicas de como tornar possível esse hábito:

 

Incentive as pessoas ao seu redor

 

É interessante ter alguém que apoie suas decisões. E também que você possa apoiar as decisões dos outros. Por exemplo, peça aos membros de sua equipe que compartilhem seus objetivos de bem-estar no trabalho. Assim, é possível ter certeza de que eles estão se engajando nos comportamentos que vão mantê-los felizes e saudáveis.

 

Acesse sua rede de amigos, familiares e colegas para procurar e prestar contas.

 

Agende reuniões individuais com você mesmo

Este conceito pode parecer estranho no início, mas não é diferente de fazer um check-in regular com um subordinado direto. O objetivo é pesquisar como você está se sentindo, com o que está lutando e onde pode melhorar.

 

Assuma a responsabilidade agendando essas “auto-reuniões” em seu calendário e fazendo anotações. O objetivo é manter o controle sobre o seu pulso quando se trata de seu próprio bem-estar e agir quando estiver com pouca energia.

 

Podemos usar os desafios que enfrentamos este ano para apresentar uma versão ainda melhor e mais saudável de nós mesmos em 2021.

 

Use essas recomendações para inspirar ações em sua empresa em torno do bem-estar, esteja você incentivando o bem-estar no trabalho. Dos funcionários ou o seu próprio.

 

Gostou do conteúdo? Então compartilhe com os amigos e colegas de trabalho. Se tiver alguma dúvida sobre o tema ou sobre nossas soluções, agende uma conversa.

Por