Categoria - Capital Humano

Você está aqui:

Job Analysis

Job Analysis é o processo de coleta de informação sobre os aspectos mais relevantes de um trabalho ou função específicos, levando em consideração as principais tarefas, atividades, materiais e equipamentos utilizados pela pessoa que desempenha a função, bem como as condições do ambiente de trabalho e os pré-requisitos para preencher a posição.
Veja mais

Learning Agility

Learning Agility, em português Agilidade de Aprendizado, é a capacidade de um indivíduo em adaptar-se a novas experiências e lidar com elas. Quanto maior a agilidade de aprendizado, mais rápida e flexível será essa adaptação.
Veja mais

Liderança

Liderança, no geral, diz respeito de uma série de atitudes, crenças, comportamentos e a influência de um líder perante os outros o qual interage. Todas as definições encontradas ressaltam pontos da personalidade, comportamentos e efeitos do líder, além da interação entre líder e liderado.
Veja mais

Modelo Clássico de Seleção de Pessoas

O modelo clássico de seleção de pessoas é aquele utilizado por grande parte das empresas e que mantém traços e etapas similares desde os seus primórdios. Apesar disso, com o passar do tempo, as técnicas foram aperfeiçoadas e hoje é possível estruturar um processo seletivo que, mesmo seguindo o modelo clássico, apresenta alta predição sobre a performance futura dos candidatos.
Veja mais

Modelo de Balanced Scorecard (BSC)

O balanced scorecard (BSC), em português, indicadores balanceados de desempenho, é uma metodologia de análise organizacional desenvolvida por Kaplan & Norton em 1992 para medir e fazer a gestão do desempenho das organizações.
Veja mais

Modelo de Burke-Litwin

O modelo organizacional de Burke-Litwin define os fatores que colaboram para as mudanças organizacionais. A estrutura organizacional é diretamente afetada por qualquer alteração, por isso, o modelo de Burke-Litwin é útil para entender como tais mudanças podem interferir no desempenho da organização.
Veja mais

Modelo de Weisbord

O modelo organizacional de Weisbord é um frame de análise organizacional baseada em 6 categorias: objetivos, estrutura, relacionamentos, recompensas, liderança e mecanismos de apoio; por essa razão, é também conhecido como modelo Six-box ou modelo das Seis Caixas.
Veja mais

Potencial

Potencial é o conjunto de características e atributos de uma pessoa que indicam a probabilidade de performance futura e adaptação a diferentes ambientes de trabalho.
Veja mais