Potencial

Você está aqui:
< Tópicos

Potencial é o conjunto de características e atributos de uma pessoa que indicam a probabilidade de performance futura e adaptação a diferentes ambientes de trabalho. Existem diversas formas de identificar o potencial, entre elas análise de comportamentos manifestos em situações reais, simulações, entrevistas e assessments parametrizados – a forma mais objetiva de realizar essa identificação.

No contexto organizacional, o potencial é uma medida importante em diversos processos de gestão de pessoas. Uma avaliação que o considere como critério tende a ser mais assertiva na previsibilidade de comportamentos de desempenho e performance futuros.

Processos de seleção de pessoas baseiam-se, fundamentalmente, na avaliação do potencial dos candidatos. Quando baseadas em critérios aleatórios e intuitivos, tais avaliações tendem a ser dotadas de vieses e podem favorecer pessoas que consigam atender às expectativas alimentadas pelos vieses cognitivos dos avaliadores.

Embora este seja um dos métodos mais comuns de avaliação de potencial, não há evidência alguma que suporte a assertividade desse processo, assim como não há evidências que suportem sua ineficiência. No entanto, o que se pode dizer é que avaliações realizadas com base em critérios aleatórios também produzirão resultados aleatórios e de baixa validação e confiabilidade.

Por outro lado, medidas objetivas do potencial de um candidato podem elevar significativamente a assertividade do processo seletivo, apontando pessoas que possam ser alocadas nas posições mais adequadas ao seu potencial de performance e adaptação. Dessa forma, é possível prevenir altas taxas de insatisfação no trabalho e turnover por baixa performance.

Potencial x Performance

Um alto potencial de performance não é sinônimo de alta performance. O potencial indica a probabilidade de o indivíduo apresentar performance satisfatória, porém a manifestação efetiva dessa performance está sujeita a diversos fatores, especialmente a cultura organizacional.

A cultura organizacional tem forte influência sobre a motivação e satisfação no ambiente de trabalho. Por essa razão, o fit cultural é também um fator determinante da performance.

Profissionais de alto potencial têm probabilidade significativamente maior de apresentar alta performance em ambientes organizacionais cujos valores estejam mais alinhados aos seus valores pessoais. O contrário também é válido: esses mesmos profissionais têm menor probabilidade de performar de forma consistente em ambientes cuja cultura não seja alinhada aos seus próprios valores.

Tais discrepâncias de potencial versus performance são observadas ao longo dos processos de avaliação de desempenho. Os apontamentos sobre essas discrepâncias são material importante para se pensar as estratégias de talent management e, a partir deles, as decisões sobre processos de gestão de pessoas podem ser realizadas de forma mais assertiva, realocando as pessoas para as áreas de maior probabilidade de performance, oferecendo oportunidades de promoção, ou, em casos de discrepâncias muito grandes, realizando o desligamento da pessoa.

Portanto, o potencial de performance é uma medida que, embora seja um sólido preditor de performance, não pode ser considerado de forma isolada, mas sim deve ser alinhado a outros tipos de avaliação e assessments, como o fit cultural e as observações feitas em situações reais.

Anterior Mindmatch
Próxima Teste de Cultura Organizacional
Sumário