Gerenciamento de capital humano: O que é?

 

O gerenciamento de capital humano é um desafio diário dentro de uma empresa. São diversas tarefas que requerem a atenção da equipe: pagamentos, folgas, remuneração, recrutamento, treinamentos, análise de desempenho.

Funções com foco direcionado em tomadas de decisão importantes não podem se basear em métricas arbitrárias. Para ter um maior controle, e com o advento da internet na década de 1990, foram criados softwares de gerenciamento de capital humano, ou Human Capital Management (HCM) em inglês.

Com isso, o RH passou por uma revolução, e as lideranças conseguiram analisar e gerenciar toda a equipe com um software que passa por todas as camadas da empresa.

As origens do RH

Antes de nos aprofundarmos nessa tecnologia, é importante falar um pouco sobre o RH e sua origem.

Os recursos humanos, ou gestão de pessoas, são a união de conhecimentos e técnicas administrativas direcionadas a relações de pessoas dentro de um negócio.

As primeiras teorias surgiram na Europa no final do século XVIII, durante a primeira revolução industrial. Robert Owen e Charles Babbage foram os primeiros a entenderem, e valorizarem, a importância do indivíduo dentro da organização empresarial.

Essas teorias pioneiras, foram baseadas na ideia de que o cuidado com o bem-estar dos funcionários é fundamental para o trabalho ser executado da melhor forma.

Ainda levando em conta o processo de cada etapa ser comparada a uma engrenagem necessária para o funcionamento perfeito do todo.

De maneira conjunta, Owen, um reformista social, e Babbage, que também foi um dos primeiros teóricos da computação, chegaram à conclusão de que a administração de pessoas era parte essencial para a evolução dos processos dentro das empresas.

Até então, a exploração da força de trabalho não era analisada pelas lideranças, o padrão era: quanto mais pessoas trabalhando por mais tempo, maior o lucro.

A gestão de pessoas como ciência só começa no século XX. O engenheiro mecânico Frederick Taylor publica o livro “Os Princípios da Administração Científica” em 1911.

Dando início a uma série de estudos sobre gestão dentro do negócio com teorias chamadas “Taylorismo”.

Até a década de 1950, com o aumento sindical, as empresas começaram a ter dificuldades em reter talentos em um ambiente de trabalho exploratório.

Desde então as teorias seguiram evoluindo com o auxílio da psicologia até a tecnologia se tornar parte fundamental da gestão de pessoas.

O uso da tecnologia no RH

Com o capital humano sendo cada vez mais relevante, as tarefas da equipe de gestão de pessoas foram aumentando. A internet trouxe soluções em software com suporte e implementações em tempo real.

Grandes empresas surgiram neste mercado e começaram a dominar as soluções de controle dentro das empresas, desde a gestão de pessoas até ferramentas de operações diárias.

Na última década, com os serviços em nuvem se estabelecendo, os Sofwares como serviço (Saas) se tornaram uma solução prática adotada em todo o mundo.

Neste contexto que surgem os softwares de gerenciamento de capital humano, mudando completamente a rotina, principalmente nas empresas de maior porte.

implementação dos HCMs tradicionais leva muito tempo. Para funcionarem de maneira efetiva, as operações levam de três meses a dois anos. É muito tempo para tarefas complexas, causando transtorno diário até realmente trazerem ganhos.

Além disso, os custos de implementação e manutenção são muito altos. Com o domínio do mercado em nome dos grandes players, alternativas não eram sequer cogitadas.

The RH está passando por uma nova revolução. Responder com conhecimentos e ferramentas apenas quando surgir uma solicitação não é mais suficiente, indo ainda mais além, hoje é necessário se antecipar aos problemas e levantar questionamentos dentro da equipe ao invés de apenas dar respostas.

Funcionários talentosos que ficam desmotivados ou são desvalorizados com salário defasado causam a perda de um capital humano muito importante.

The REDUCTION é uma das questões que podem ser analisadas e resolvidas com antecedência se o time de gestão de pessoas é alimentado com os dados corretos.

A tecnologia deve estar na mão de todos

As soluções completas não precisam ser exclusivas para empresas maiores, hoje temos soluções modernas, com softwares inteligentes que não estão presos aos processos engessados de demorados das empresas tradicionais.

A Mindsight está presente desde o recrutamento e seleção até a pesquisa de clima e outros serviços de gestão, pois, entendemos que nosso papel é ser um dos agentes motores dessa revolução.

Uma solução completa, acessível e que evolua constantemente é nosso objetivo e trabalhamos diariamente para oferecer serviços e gerar insights em People Analytics.

By