Como o engajamento ajuda a reter talentos

Por: administrador


Reter talentos é um desafio para qualquer organização. Quando se tem high performers na força de trabalho da empresa, o ideal é mantê-los lá o máximo de tempo possível — ou até que deixem de performar tanto.

Afinal, essas pessoas são os grandes diferenciais da organização, as tais “estrelas” da organização. E perdê-las não apenas impactaria o desempenho da equipe como também os levaria para a concorrência.

Porém, infelizmente não existe um contrato de trabalho vitalício. O funcionário pode se desligar a qualquer momento, partindo para novas oportunidades sem dar maiores explicações à organização que o empregou por um tempo.

Assim, esforços não são poupados quando o assunto é reter talentos. Fornecer a eles condições apropriadas e convincentes para que se reengajem e não queiram dar adeus à empresa. 

Dicas práticas: Pesquisa de clima (Baixe agora!)

Mas de que forma fazer isso? Que condições são essas que vão te ajudar a reter talentos na empresa e como consolidá-las no ambiente de trabalho? Se você tem dúvidas sobre isso, então leia este artigo. Será muito esclarecedor para você.

1. Reter talentos requer estratégia

Engajamento de funcionários é uma estratégia para reter talentos

Segundo o IBGE, o brasileiro ficava em média 161,2 semanas no trabalho em 2014 — isto é, cerca de 3 anos apenas. Parece pouco? Saiba que esse número havia sido o maior patamar de toda a série histórica até então, iniciada em 2002. Ou seja, é um tempo relativamente pequeno se comparado com o de décadas atrás. E que continua caindo.

Aliás, esse pequeno tempo de permanência não se altera muito com idade. Embora jovens realmente permaneçam menos tempo num mesmo emprego em relação a idosos, a discrepância não costuma ser elevada.

No geral, 76% dos trabalhadores em tempo integral estão procurando ativamente por um novo emprego. Isso acaba resultando na estatística 48% dos empregadores com vagas não preenchidas devido às altas taxas de rotatividade e desligamento.

O problema, como você já deve saber, é que turnovers custam caro às organizações. Mesmo quando são inevitáveis (por falta de aderência à cultura ou baixo rendimento de trabalho), eles chegam a causar um rombo de R$ 50,000 aos cofres da empresa! E essa é uma estimativa até conservadora.

Dessa forma, na tentativa de evitar — ou pelo menos minimizar — essa tendência dispendiosa e reter talentos, muitos líderes estão traçando estratégias de engajamento dos funcionários. Trabalhando para construir uma experiência positiva capaz de aumentar o tempo de permanência dos colaboradores na sua empresa.

Mas como o engajamento ajudaria a reter talentos? Quais ações líderes e gestores deveriam estimular?

Formulamos cinco boas estratégias para você (re)engajar seus funcionários e melhorar a satisfação que eles sentem realizando as atividades diárias. Com isso, o ambiente tende a ser mais sustentável e a força de trabalho, mais produtiva.

2. Capacite novos funcionários rapidamente

Quanto mais cedo seus funcionários se sentirem envolvidos com sua empresa e marca, mais tempo eles provavelmente ficarão satisfeitos com suas posições e serão produtivos em suas funções.

Na verdade, até um terço dos novos funcionários provavelmente iniciará outra busca de emprego seis meses após a contratação. Portanto, é vital que você comece a estabelecer conexões com seus novos funcionários o mais cedo possível.

Os programas de integração que são completos e bem pensados ​​podem resolver com sucesso as dúvidas e medos dos novos contratados e integrá-los de forma eficaz na organização.

Os novos funcionários têm menos probabilidade de sair quando entendem como seu trabalho afeta ativamente o sucesso da marca. Quando se sentem apoiados por um sistema que incentiva o desenvolvimento de sua carreira e quando se adaptam rapidamente à cultura organizacional existente.

Um programa de integração que atenda a essas necessidades envolverá os funcionários mais rapidamente e os manterá por mais tempo na empresa.

Além disso, essas estratégias também tendem a encurtar o tempo que leva para as novas contratações se tornarem produtivas em seus empregos, o que significa que os funcionários engajados dessa maneira também podem ser mais lucrativos.

3. Foco em propostas de valor

As marcas gastam enormes quantias desenvolvendo propostas de valor que fazem com que os clientes voltem, mas as propostas de valor dos funcionários raramente recebem atenção. Por um motivo ou outro, seus funcionários atuais concordaram em trabalhar para sua empresa e muitos deles continuaram trabalhando por vários anos.

Você deve conduzir entrevistas para determinar quais aspectos da marca os atraíram primeiro para o emprego e trabalhar para construir essas propostas de valor para reter talentos tão valiosos.

Algumas das ações efetivas são: você pode desenvolver um sistema de reconhecimento ou recompensa (veja mais neste artigo sobre desafios a serem enfrentados em 2021), aumentar o impacto do serviço comunitário e outras mudanças para estimular e envolver os funcionários.

Outra opção é contratar palestrantes inspiradores e relevantes para o setor para conversar com sua força de trabalho sobre suas ambições e inspirá-los a alcançar maiores alturas dentro de sua empresa. Deixe seus funcionários entusiasmados em trabalhar para sua empresa novamente.

4. Reconhecimento baseado em desempenho

Economistas e outros pesquisadores continuam a descobrir mais evidências que demonstram como as recompensas e o reconhecimento são profundamente eficazes para melhorar a retenção e a produtividade.

Portanto, você deve considerar a construção de um programa de reconhecimento baseado em desempenho para tornar as recompensas em ferramentas de engajamento ainda mais poderosas.

Entretanto uma ressalva importante: lembre-se que desempenho e metas são coisas diferentes. Bater a meta na maior parte das vezes é mais fácil do que desempenhar bem.

O desempenho é uma questão maior, que envolve outros fatores além da meta. Por exemplo, alinhamento estratégico, aderência à missão, produção de resultados eficazes etc.

Portanto, um high performer é muito mais do que um simples batedor de metas. Ele está realmente envolvido com a empresa e age no sentido de fazê-la evoluir na direção correta.

Dessa forma, um programa de reconhecimento baseado em desempenho que seja bem estruturado também informa os funcionários sobre seu lugar no negócio e seu impacto no sucesso geral da marca.

5. Ofereça treinamento de liderança

Enquanto alguns baby boomers (isto é, aqueles nascidos entre as décadas de 1940 e 1960) continuam torcendo o nariz com o sistema de trabalho da geração Y, a geração mais jovem está rapidamente tomando volume e ultrapassando a força de trabalho mais experiente.

Na verdade, já chegamos ao patamar em que um terço dos trabalhadores da geração Y assumiu o controle das posições de estratégicas e de liderança, tornando-se gestores, diretores e executivos responsáveis ​​pelo sucesso de uma organização.

A maioria dos trabalhadores da geração Y está mais do que ansiosa para ganhar mais autoridade e autonomia no local de trabalho; no entanto, nem todos os Millennials estão preparados para as imensas responsabilidades que as funções de liderança exigem.

Portanto, você deve considerar a promoção de seus jovens funcionários promissores — após treiná-los para os cargos mais elevados para reter talentos.

Treinamento de liderança, programas de orientação e outras iniciativas semelhantes são relativamente raros no local de trabalho, e oferecê-los envolverá a geração mais jovem de uma forma que, infelizmente, nem todas as organizações estão dispostas a fazer.

6. Cuide de seus funcionários

Como reter talentos numa organização

O truque final do engajamento do funcionário pode parecer simples, mas poucas organizações dominaram a arte de ser gentil e mostrar cuidado com os funcionários para reter talentos. Seu negócio depende inteiramente de seus funcionários se mostrando e sendo produtivos, e seus funcionários estão bem cientes disso.

Neste E-book você terá dicas práticas para aplicar a Pesquisa de Clima na sua organização, te ajudando a reter talentos. Baixe agora:

Dicas práticas: Pesquisa de clima (Baixe agora!)

O mínimo que você pode fazer para mostrar sua apreciação é permitir que eles se sintam confortáveis. Talvez até mesmo com ações simples: por exemplo, relaxar as regras de vestimenta e permitir confortos pessoais, como música ou decoração de mesa.

Você também pode fornecer pacotes de benefícios criativos, como opções de trabalho remoto e flexibilidade de horários. Bem como programas de bem-estar que ajudam seus funcionários a se tornarem e permanecerem mais saudáveis, ajudando a reter talentos.

Os funcionários reconhecem quando seu cuidado é genuíno e ficam bem mais satisfeitos. Além disso, para a marca também há ganhos: eles retribuem com mais lealdade e dedicação.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe com os amigos e colegas de trabalho. Para mais informações sobre nossas soluções:

Agende agora uma conversa!

 

“Cognitive HR Software”

A Suíte de Performance e Recompensa faz parte do Cognitive HR Software, um sistema que otimiza todos os processos de gente de ponta a ponta através da inteligência de dados e prática do People Analytics para um RH preditivo.
© Mindsight . Todos os Direitos Reservados -
By Next4