Grupo Ri Happy: seleção eficiente do operacional ao corporativo

O Grupo Ri Happy é a maior rede de varejo de brinquedos do Brasil. Atualmente são mais de 200 lojas espalhadas por todo o Brasil e mais de 3.000 pessoas que, nas palavras da própria empresa, trabalham para realizar sonhos. 

Em abril de 2020, a Ri Happy se tornou cliente da Mindsight. Contrataram o sistema de testes para R&S da Mindsight, ferramenta que conta com assessments e algoritmos de inteligência artificial para uma seleção mais efetiva.  

O momento era de digitalização dos processos seletivos, e havia uma preocupação em manter a efetividade do processo e não perder o bom relacionamento com os candidatos. 

O Grupo Ri Happy tinha dois objetivos principais com a contratação do nosso software: 

  • Ganhar eficiência nos processos seletivos, mantendo a diversidade 
  • Garantir alinhamento cultural em todos os níveis da empresa. 

Um dos diferenciais do produto é a construção de um modelo de fit cultural personalizado, processo que é feito a partir de testes com os próprios funcionários da empresa. Logo, a Ri Happy passou por esse mapeamento durante o processo de implementação. 

Em seguida, começaram a aplicar a bateria de testes para candidatos de diferentes níveis. Para posições mais operacionais, como vendedores de loja e auxiliares de logística, foram aplicados os testes de fit cultural, mapeamento de perfil, teste de interesses e raciocínio simples. 

Após a realização dos testes, os candidatos eram filtrados inicialmente pelo modelo de cultura desenhado para a Ri Happy. Assim, seguiam no processo apenas as pessoas que tinham fit com a empresa

Em seguida, os candidatos eram triados por meio de algoritmos feitos especialmente para as posições em questão. Esses algoritmos indicam a aderência de perfil dos avaliados à vaga e fornecem uma nota chamada de match. A vantagem é que eles desconsideram qualquer informação de backgroundevitando vieses discriminatórios

Após essa filtragem, foi possível ver os resultados:

Além disso, 50% dos candidatos triados foram avaliados pelos recrutadores como de fato aderentes ao perfil desejado, com base nas percepções de fases presenciais. 

Para posições corporativas, a Ri Happy aplicou os testes de habilidade social, motivacional, raciocínio fluido, mapeamento de perfil e fit cultural. Seguindo o mesmo processo, realizou filtros por fit cultural e match com as posições. 

E os resultados vieram:

Mais do que a economia de tempo, a equipe Ri Happy destaca a efetividade: os 5 finalistas após entrevista com RH foram aprovados pelos gestores. Podemos destacar o depoimento da Lara Modesto, coordenadora de recursos humanos: 

A Mind entra na Ri Happy em um momento muito importante para gente, pois chegamos à marca de 80% dos processos seletivos online.

O teste nos garante a manutenção de um bom relacionamento com os candidatos, além de assegurar assertividade no método de avaliação das pessoas. Como a equipe de recrutamento tem menos contato pessoal com o candidato, o teste traz segurança para a avaliação. 

Entendemos também que é um momento delicado do mercado, por causa da pandemia. Nesse caso, a devolutiva dos testes traz um autoconhecimento valioso que pode gerar desenvolvimento para os candidatos. 

Autor

Compartilhe:

Post populares

Ciclo de Gente: que etapas, pontos de contato, times e métricas ele envolve? Tiramos essas e outras principais dúvidas aqui! 
Como contratar um profissional de People Analytics de maneira efetiva?
SIOP Annual Conference: Conheça o maior evento de psicologia organizacional do mundo 
Case Grant Thornton: ferramenta para centralização de dados e inteligência para tomada de decisão
Mindsight + Sankhya: Uma nova era na gestão de RH

Posts relacionados

Ação 1
pexels-photo-1379636
© Mindsight 2024. Todos os Direitos Reservados