Como a liderança pode promover o clima organizacional

 

O bem-estar no ambiente de trabalho é essencial para promover o clima organizacional. Funcionários motivados, com perspectiva de futuro e expectativas atendidas promovem um ambiente positivo, a partir do exemplo de seus líderes.

Para a cultura organizacional ser alimentada por todos, é necessário que alguns exemplos sejam seguidos, é aí que surge a importância do clima dentro deste contexto.

Em resumo, é a famosa frase “O jeito que fazemos as coisas por aqui”. Em um ambiente consolidado, com líderes que entendam a cultura, as individualidades da sua equipe e que participem da construção da cultura interna, é possível desenvolver hábitos e padrões com um impacto muito maior sobre cada atividade realizada.

Se a cultura é algo trabalhado por um tempo muito grande para existir um senso de pertencimento dentro da organização, o clima é algo muito mais dinâmico, que sofre constantes alterações a partir do humor de cada indivíduo.

A diferença entre líder e chefe

Esse é um tópico muito recorrente e você provavelmente já ouviu que um líder é aquele que faz e te mostra como fazer, enquanto um chefe te passa uma ordem.

O modelo que podemos chamar “chefia” começou a ser bastante criticado. Hamel (2007), defende que a gestão precisa ser reinventada e substituir o antigo modelo taylorista, aquele que preza por funções extremamente definidas, com níveis hierárquicos estruturados e assim, com grande separação de tarefas.

Com a propagação de modelos dinâmicos, como o “startupeiro” e empresas com funções espalhadas, separadas por blocos e equipes transversais, manter uma estrutura tradicional pode ser prejudicial para definir a cultura da empresa.

Um líder que converse com o time e coloque a mão na massa consegue mostrar para todos a sua importância ao realizar as tarefas.

Além das funções cotidianas, demostrar fragilidade, autocuidado e sensibilidade para questões de saúde mental, entre outras questões de saúde, pode fazer com que todos tenham outra visão para o tema.

De maneira geral, é como diz o antigo filósofo chinês Confúcio: “A palavra convence e o exemplo arrasta”.

O que impacta diretamente o clima organizacional?

Litwin e Stringer (1968) apontam nove fatores fundamentais para promover o clima organizacional dentro de uma empresa:

  1. Estrutura organizacional: Baseado no sentimento dos funcionários sobre as restrições em sua situação de trabalho de acordo com as regras, regulamentos e procedimentos;
  2. Responsabilidade individual: Sentimento de autonomia para tomada de decisão e processos durante as tarefas;
  3. Desafio: Sentimento de arriscar e de ser desafiado no seu cargo e função;
  4. Recompensa: Sentimento de ser bem recompensado por um trabalho bem realizado;
  5. Relacionamento: Sentimento de camaradagem, pertencimento e ajuda mutua que prevalece na organização;
  6. Cooperação: Percepção da ajuda mútua nas equipes e na empresa de forma geral;
  7. Conflito: Baseado no grau de confiança para expor diferentes opiniões dentro da empresa;
  8. Identidade: Sentimento de pertencimento dentro da organização;
  9. Padrões: Baseado em como a organização enfatiza normas e processos.

Além de analisar estes fatores, alguns processos podem ajudar a promover um clima saudável no ambiente:

  • Comemore pequenas vitórias: Cada pequeno passo pode ser importante como exemplo para aqueles que ainda não se sintam confortáveis com processos e práticas dentro da empresa;
  • Conheça quem assume o papel de influência: As relações interpessoais surgem de forma espontânea dentro da empresa. Saber quem as pessoas seguem como exemplo ou quem procuram para resolver algum problema ou questão é fundamental;
  • Tenha planos coletivos: Seu planejamento será muito mais eficiente quando suas ideias tiverem o apelo do maior número de pessoas na organização ou do time.

Utilizando o NPS na organização

Um grande aliado para termos indicadores do clima na empresa é o Net Promoter Score (NPS).

Geralmente, essa métrica é utilizada para clientes, mas muitas empresas têm adotado o modelo para os funcionários. O NPS funciona com uma pergunta direta e uma régua que vai de 0 a 10.

A pergunta pode ser: “Em uma escala de 0 a 10, o quanto você está contente com a empresa?”. Logo após receber a nota, o ideal é realizar o questionamento: “Qual a razão desta nota?”.

Os resultados são separados em três blocos a partir das notas:

  1. Promotores (notas 9 e 10): Aqueles que realmente enxergam valor na organização e são os mais leais e contentes;
  2. Neutos (notas 7 e 8): Aqueles que não estão engajados com a empresa, apesar de estarem satisfeitos, não estão tão felizes com a empresa;
  3. Detratores (notas de 0 a 6): Aqueles que estão insatisfeitos com a organização e comprometem diretamente o clima organizacional.

Promovendo o bem-estar na organização

Entender as individualidades de cada um é fundamental para promover um clima organizacional positivo dentro da empresa. Um líder de gestão deve entender isso para criar um pacote de benefícios que atenda às necessidades de cada um.

É importante criar o hábito do autocuidado e autoconhecimento para mais uma vez ser o exemplo que leva à mudança. A liderança deve estar sempre à frente dos acontecimentos, seja para predição, tomada de decisão e nas ações esperadas.

Com as ferramentas certas é possível alcançar os resultados esperados, conheça mais sobre nossos produtos e serviços e esteja sempre preparado!

Por Renan Dercoles